Clique nos links abaixo para acessar:

- Beneficiados
- Credenciados
- Empresas
Fechar
  • Mapa do Site
  • Fale Conosco

NOTÍCIAS

Dicas

Cuidados com a saúde dental após os quarenta anos

Após os quarenta, a dentição feminina corre sérios riscos. Nesta fase, os cuidados devem ser redobrados

Estrógeno é o hormônio responsável pela transformação da menina em mulher e pode ser o causador de diversos males na sua ausência. Ele abre uma nova realidade à menina que aos poucos vai se transformando em mulher. Enquanto ele estiver presente ela se mantêm bonita e gozando de sua plenitude em questão de saúde.

Porém em torno dos quarenta anos sua produção começa a diminuir, trazendo conseqüências graves à saúde.

Aparecem os problemas cardíacos, as rugas e a osteoporose, que deixa os dentes moles, ocasionando sua queda.

A osteoporose é uma doença silenciosa, que descalcifica os ossos, deixando-os frágeis. Aproximadamente 20% das mulheres com mais de 60 anos sofrem de fraturas causadas pela doença.

Uma das funções do estrógeno é fixar o Cálcio na estrutura óssea. Normalmente, após os quarenta anos, a pessoa perde até 0,5% de cálcio dos ossos por ano. Porém quando esta taxa é ultrapassada, o osso fica poroso e pode fraturar. Podemos afirmar que a presença do estrógeno é importante para manter sadios os ossos maxilares, verdadeiros alicerces dos dentes. Em um estudo realizado nos EUA comprovou-se que as mulheres que repõem estrógeno, perdem 24% menos dentes na velhice. Isto devido a proteção contra a perda de Cálcio proporcionada por este hormônio.

Na falta do estrógeno os ossos maxilares tornam-se porosos, não suportando as forças da mastigação, provocando a mobilidade dentária, problemas gengivais, e finalmente o dente é condenado à extração.

A prevenção desta doença deve começar bem cedo, ainda na juventude. O segredo é manter uma vida sadia, baseada em muito esporte, mantendo o osso em atividade.

Assim, a perda óssea é menor. Vida sedentária jamais .Outro conselho importante é com referência à alimentação que deve conter, no mínimo, três copos de leite por dia, sendo ainda rica em vegetais verdes. Quanto ao ponto de vista odontológico além das recomendações acima, acoselhamos a mastigação de alimentos consistentes, que promovam uma verdadeira ginástica mastigatória. Seguindo estes conselhos provavelmente nunca terá este problema. Caso você já tenha passado dos quarenta, mantenha seu exame periódico com o ginecologista, afinal prevenir ainda é o melhor rémedio. Cuidando de sua saúde geral os dentes agradecem através de belos sorrisos.

Fonte: http://www2.uol.com.br/odonto/index.htm

ImprimirVoltar

Markiodonto - CROSP-CLM: 4636
Resp. Técnica: Angélica Musa de Morais - CRO 56.101


sac@markionline.com.br
Av. Adolfo Pinheiro, 1.000-8º Andar - Conj. 83
CEP: 04734-002
São Paulo - SP

Telefone (11) 5522-2581
         (11) 3468-5300
ANSANS Suplementar
Markiodonto 2018 - Todos os direitos reservados / Política de Privacidade | Produzido por